Terça, 27 Outubro 2020 15:23

Sicoob Central Rio leva intercooperação ao Hackacoop

A diretora Executiva do Sicoob Central Rio, Nábia Jorge, foi uma das convidadas do Hackacoop, 1º hackathon promovido pelo Sicoob Credijustra, no dia 13/10, para uma Webinar sobre o tema Intercooperação, sexto princípio cooperativista. O evento também teve participação de Marco Aurélio Almada, diretor-presidente do Centro Cooperativo Sicoob.

Durante o encontro, Nábia defendeu a intercooperação envolvendo parcerias entre cooperativas de todos os ramos como um movimento necessário e uma alternativa para que o cooperativismo se mantenha competitivo, levando ainda os diferenciais de promoção do desenvolvimento regional, justiça financeira e atendimento humanizado.

“Se fizemos uma comparação do momento atual com o surgimento das cooperativas, vemos que as ações de ajuda mútua acontecem pelo próprio instinto de sobrevivência. Como tem sido dito a todo momento, a pandemia provocou uma aceleração em várias frentes juntando as pessoas em ações coletivas. Isso mostra a força que o cooperativismo possui”, disse a diretora.

No cenário do cooperativismo financeiro, além das transformações com o PIX e o Open Banking, Nábia ressaltou também a entrada das big techs nesse mercado. “A intercooperação é o caminho para que possamos nos enxergar como um único sistema e até mesmo concorrer com grandes conglomerados”, ressaltou a executiva completando:

– Nesse momento o que temos observado é a resiliência na criação de alternativas, muitas delas iniciadas por coletivos de pessoas, propondo soluções que atendam às suas regiões. A expressão ‘compre da loja do seu bairro’, por exemplo, tem sido amplamente utilizada. No fundo a dinâmica é a mesma: afinal, o nosso bairro é o movimento cooperativo. Devemos intercooperar e, com isso, fortalecer o nosso movimento. Como defende um dos grandes especialistas desse princípio, Ênio Meinen; que tenhamos a definição de uma pauta permanente sobre o tema: a intercooperação! –, enfatizou.